Evoramons
evoramons
Porque quem não sabe a arte, não na estima
As Obras
|   A editora   |   As obras .   |   Contacto .
Evoramons
.
Evoramons
Evoramons Editores Lda.
.
Nunca perseguí la gloria
Ni dejar en la memoria
De los hombres mi canción;
Yo amo los mundos sutiles,
Ingrávidos y gentiles
Como pompas de jabón.
.

Não encontraríamos, porventura, melhor apresentação da nossa editora que esses poucos versos de Antonio Machado. Numa época em que muitos proclamam a morte do livro, a favor de suportes mais efémeros, surgimos a remar contra a corrente, alferes de uma causa que se diria perdida de antemão. E no entanto, apesar de todas as cassandras, nunca se publicou tanto como agora, a tal ponto que a sacrossanta letra de forma parece ter-se convertido, ela mesma, num produto efémero mais…

Numa encruzilhada assim, como sobreviver? Mais ainda, como sobressair? – com a única arma ao alcance de um editor tão recôndito quanto nós: publicar pelo mero prazer de publicar. Daí a ausência de colecções definidas ou de planos quinquenais. Editar, em suma, aquilo que nos parece digno de valor, e que até à data tenha sido pouco ou nada conhecido do público português ou, ainda se conhecido, se encontre habitualmente indisponível. Não importam línguas, géneros ou épocas: guiam-nos apenas as nossas preferências literárias, ou, por outras palavras, o sibaritismo do papel e da tinta.

A nossa angústia é saber se a evoramons acabará por se tornar editora de culto… Quem quiser descobrir a resposta só tem que acompanhar-nos nesta bela aventura!